Volver…

Elas estão de volta. As mulheres de Almodóvar.
E o público agradece.
Não sei quando passará no Brasil, mas aqui já estreou e eu fui – com muito gosto – entregar-me a Volver
O novo filme do diretor espanhol Pedro Almodóvar, um “homem de la mancha”, é um banho de luz e cores, de força e vitalidade femininas.
Esse é seu mais profícuo território. E ele sabe.
Como um Don Quixote moderno, Pedro desvela, recria, desperta – em cada personagem – as Dulcinéias que existem dentro das muitas Aldonzas que a vida maltrata.
Volver é uma história de repetidas histórias. Daquelas que a gente sabe acontecer com frequência nas sociedades do primeiro, terceiro ou quinto mundo. Mãe, filhas e neta que recebem porradas do mundo masculino e ainda assim são capazes de sobreviver e dar a volta por cima. São vítimas e algozes. Anjos e demônios. Amáveis e duras. Mulheres fortes e frágeis ao mesmo tempo. Mulheres divertidas e trágicas. Capazes de revelar a beleza do amor, da solidariedade e da cumplicidade apesar de condições extremas e complexas.
E quando se unem, seja nos risos e cantos, seja nas dores e misérias, transbordam.
Volver é isso. Um transbordamento. Verdades e mentiras, segredos e revelações se mesclam num jogo de cenas reais e surreais, retratadas com um talento espetacular.
Pedro consegue explorar temas importantes como a violência doméstica e de gênero, a enfermidade e a morte com uma crua leveza que sempre surpreende.

O filme é um prazer do início ao fim.
Penélope Cruz está linda, madura, envolvente. Uma mulher de carne e osso, bela por seus predicados mas também por suas imperfeições. Lembra, em alguns momentos la Loren.
Yohana Colbo faz de filha. É a nova chica -Almodóvar. Eu ainda não a conhecia, mas já tem um sólido currículum na cinematografia espanhola.
Carmem Maura ( desessete anos sem filmar com Almodóvar) dá um show de interpretação como a mãe que “volta do além”.
Lola Dueñas ( Rosa, de Mar Adentro) é uma das minhas atrizes espanholas preferidas e também está perfeita no personagem da irmã que eu queria ter.
E Blanca Portilho, que está magnífica no papel da vizinha de toda a vida. Uma vizinha como as que a gente precisaria nos momentos difíceis! Daquelas de pueblo pequeno. A que cuida, a que sabe das coisas, que tem a chave da nossa casa e das histórias que circulam através dos tempos, nossas ou de outros…
Volver é isso. Uma das muitas história que se pode contar sobre a história das mulheres, em todos os tempos e todos os cantos do planeta.
Acontecimentos mais explícitos em alguns, mais obscuros e escondidos em outros, mais reais ou surreais, porém presentes nos quatro cantos do mundo!
Volver não é comédia nem drama, embora seja um tanto de ambos. Tem a porção e a medida exata dos dois. Como as mulheres.
Como a vida e a morte.

Anúncios
Categorias: Baú de Cultura, Filmes | Tags: , | 21 Comentários

Navegação de Posts

21 opiniões sobre “Volver…

  1. Estou louca para assistir!!! A Carmen Maura é o máximo mesmo.

  2. cida guilherme

    Espero que ele chegue logo aqui no Recife!!

  3. Vamos aguardar. Uma indicação sua vale cinco estrelas.
    Um abraço

  4. Hola Nora
    Gosto muito dos filmes de Almodóvar.
    Já dei uma bisbilhotada pra saber quando ele estará em cartaz aqui em Zurique – a partir de 18.05, espero que dê pra ir ao cinema, nessa época já estarei com o bebezinho em casa 😉
    Buenos dias y hasta luego

  5. Linda resenha, Nora! Almodovar merece, ele que se encanta tanto com o universo feminino. Sabe que eu tb?
    Bjs

  6. Mércia

    Valeu por todas as vezes que compartilhou, filmes, livros e outras, além de ser uma otima dica.
    Já estou na espera

  7. Nora quando vi a foto da Penélope, já achei que ela tava com um jeito de mulher, decidida, bonita, diferente…é uma boa dica, quando chegar por aqui vou assistir.

  8. Nora lindinha, filme do Almodovar? Eu vejo qualquer um, até mesmo o vídeo que ele fez quando estava no banheiro. Excelente dica que pra mim chega a ser desnecessária (no bom sentido) porque eu simplesmente amo este cineasta e vejo qualquer coisa que ele faça. Beijocas gostosas

  9. Nora querida, obrigada pelo site, ali abaixo, o das árias.
    Obrigada por falar do filme que espero com ansiedade.
    E lá no sub rosa, há uma musica de villa-lobos, que quando coloquei pensei em você.
    Está abixo do post intitulado Pergunta, Perguntas.
    Muchos besos
    Meguita

  10. Nora, concordo com tudo o que disseste sobre o filme “Volver”! Tá lindo o que escreveste – como o filme! Foi mais um show de Almodóvar e de suas chicas. É um filme para volver a ver.

  11. Ai que vontade de assistir me deu.
    Tanto por seu jeito animado de contar, como pelo próprio Adodóvar. Ele é sensacinal!
    Vou esperar…
    Beijão, Nora.

  12. nora

    QUERIDOS AMIGOS! ESTOU EM TARIFA APROVEITANDO UMAS “VACACIONES” DE SEMANA SANTA!
    MARAVILHA DE FÉRIAS. É DOCE VER O MAR OUTRA VEZ, É DOCE APROVEITAR O VENTO SALGADO NA FACE ( E NOS CABELOS, IMAGINEM O TAMANHO DA SAUDADE)
    ASSIM QUE VOLTAR PUBLICO AS FOTOS.
    BEIJOS E BOA PÁSCOA!

  13. Adoro Pedro, e estou aguardando por este. Tem me impressionado com o amadurecimento do trabalho. Não é tanto o Pedro irreverente, mas consegue ser ainda tão bom.
    Beijos

  14. Gabriela

    Oi Norinha,
    Passei para lhe desejar boa Páscoa. Vendo que está aproveitando uns dias, desejo-lhe também boas “vocaciones”.
    Quanto ao filme, quero vê-lo logo. Adoro o Almodovar e das atrizes, só não conheço a menina.
    No ano passado vi um filme italiano com a Penelope Cruz muito lindo, onde ela deu um show de interpretação.
    Um beijo e até breve,

  15. Nora,
    Filme do Almodóvar é sempre bom e profundo.Tomara que chegue logo por aqui. Passei para desejar uma boas Páscoa para você e família.
    Beijo,

  16. Sou fã do cara… Sou sua fã, também. 🙂
    Por que será que certos homens conseguem ler também a alma das mulheres, e outros são totalmente analfabetos? rs
    Beijoca, linda. Boa páscoa procê.

  17. Ainda não assisti não, mas depois de ler este post, vc me aguçou demais em assisti-lo!
    Beijocas Norinha

  18. Mércia

    Oi Norinha
    È muito tempo sem escrever no blog, estou anciosa.

  19. Puxa! Até quando recomenda um filme você nos faz “viajar”. Já estou me coçando de curiosidade. Um beijo e inté!

  20. Anotado, anotado 🙂

  21. Amei seu post, Nora.
    Nossa visão sobre o filme teve muitos pontos em comum.
    Adorei mesmo, como sempre.
    Beijos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s