Uma luz na escuridão…


Gosto de ti quando calas porque estás como ausente
e me ouves de longe, e minha voz não te toca.
Parece que teus olhos tivessem voado
e parece que um beijo te cerrara a boca.
Como todas as coisas estão cheias de minha alma
emerges das coisas, cheia da alma minha.
Mariposa de sonho, te pareces a minha alma
e te pareces à palavra melancolia.
Gosto de ti quando calas e estás como distante.
E estás como queixando-te, mariposa em arrulho.
E me ouves de longe, e minha voz não te alcança:
deixa-me que me cale com o silêncio teu.
Deixa-me que te fale também com teu silêncio
claro como uma lâmpada, simples como um anel.
És como a noite, calada e constelada.
Teu silêncio é de estrela, tão longínquo e singelo.
Gosto de ti quando calas porque estás como ausente.
Distante e dolorosa como se tivesses morrido.
Uma palavra então, um sorriso bastam.
E estou alegre, alegre que não seja certo.

Poema XV
Pablo Neruda

*ela está viva.

Anúncios
Categorias: Mundo Virtual, Poesia & BelosTextos | Tags: , | 2 Comentários

Navegação de Posts

2 opiniões sobre “Uma luz na escuridão…

  1. Que luxo! Nora Borges e Pablo Neruda é demais para mim. Beijocas

  2. Nora. Estava há muito tempo debruçada no seu post anterior que fala de Meg. Entrei em todos os links. Conheci a dor de Paulo. Li os comentários…Enfim. Além dos olhos meio inchados de chorar, parece que “entrei” no poema de Neruda, pronta a receber a emoção que escorre pelas linhas dele.
    Estou profundamente triste com a partida da sua amiga, que eu, infelizmente, não cheguei a conhecer.
    E envio a ela, onde quer que esteja, uma prece de louvor.
    E a você, meu abraço bem apertado!!!
    Dora

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s