Cabelos Brancos…já!

Angela é uma escritora brasileira que eu conheci através do blog. Ficamos amigas sem nunca havermos visto uma a outra. Temos muitas coisas em comum e faz tempo que eu queria publicar alguma coisa escrita por ela aqui no Língua.
Tempo vai… tempo vem… ela mudou para o Multiply… eu mudei de blog… e nunca realizei o desejo.
Agora vou publicar um texto que ela escreveu um dia destes e que parece muito comigo.
Vou aproveitar que hoje já é Setembro, que vou encerrar mais um ciclo de vida feliz, deixando essa maravilhosa casa rodeada de jardins, esquilos, coelhos e raposas… os caminhos cobertos pelas amapolas, as roseiras de todas as cores, a paz e o silêncio do mato, os sinos de Santorcaz…
Vou começar um outro tempo de viver, num apartamento pequenino de Madrid, sem jardim nem amapolas, mas justo em frente ao Auditório Nacional… ( Shhhhh!!! não fala alto mas imagina o que eu vou ver de concertos! Ho ho ho!).
Pst…Acho que esta mudança vale um post…vou escrevê-lo depois.

Pois sim… Setembro é meu mês de aniversário. Mês de comemorar mais um ano bem vivido, comemorar as escolhas, os êxitos, queimar as pequenas mágoas num incenso de fumaça gris… agradecer por todos esses anos de amor e paz… e fazer planos novos no caderno azul.
Mas, voltando à Angela, estou com vontade de publicar seu texto porque eu adoraria tê-lo escrito, porque ele também é meu, porque pensa igual a mim… e quem sabe a quantas mais que estão na mesma luta.
Angela e eu somos da mesma colheita de vinho… este mês cumprirei os 53, com muita honra…
Aí vai…
******************************
Um elefante incomoda muita gente…
mas o meu cabelo incomoda muito mais

******************************

“Inexoravelmente, sempre que vou ao Rio alguma amiga diz:
– Pinte seu cabelo! Mas porque não pinta?
Várias respostas passam pela minha cabeça:
– Não pinto pois tenho medo do meu cabelo ficar feio como o seu.
– Sou nobre. Só os burgueses pintam cabelo
– Tenho coisa mais interessante para fazer com meu tempo (como escrever esse blog)
– Resolvi dar uma chance ao meu cabeleireiro que é Deus. Acho que ele fez um bom serviço com as orquídeas.

Dependendo de como o “pedido-ordem” é feito, desenvolvo o assunto. Pergunto por que a pessoa em questão pinta, a resposta sempre tem a ver com a aparência mais jovem.
Mas eu não quero aparentar ter 50 anos! Quero aparentar os meus 53 anos!! ou será que se iludem achando que a tinta as fazem aparentar 18, ou 30 que seja?. O cabelo branco não envelhece, gente! O que envelhece é o tempo!!!
Também rola a questão da aparência desleixada. Mas como sempre fui desleixada, nem te ligo farinha de trigo.
Será que ao me verem com os cabelos brancos , além de acharem feio, ou por acharem mesmo ou por falta de costume, no fundo lembram-se dos seus próprios cabelos brancos e isso as aborrece?
CABELOS BRANCOS
Não sou como as belíssimas Julia Rodrix e Ivana Cury que sempre tiveram cabelos brancos. Tive de me acostumar com eles. Não foi fácil, juro. Mas hoje, sinceramente, acho que combinam muito bem com as minhas rugas. Quando as enxergo, claro, já que preciso de vários óculos para ver o mundo.
Leio um fwd de um texto assinado por Martha Medeiros (por favor, não me mandem mais nada escrito por ela! eu acho tudo ruim e errado! aliás, como sempre há exceção, morri de rir com o texto de dois domingos atrás, arquiteto X pedreiro ) onde ela se exalta por aparentar juventude.
COMO ASSIM?? ela nasceu em 61. Eu achava que ela tinha a minha idade. Podem comparar aí em cima. Então, não há regra mesmo. Vai ver que pessoalmente ela é diferente do que parece na TV e nas fotos.
Podem estranhar mas é verdade: eu não quero não ter rugas, não ter cabelo branco, não ter flacidez ou celulite. Eu não quero emagrecer. Não tenho nenhuma intenção de ser imortal. Não quero ser jovem. Acho, inclusive, que aquela canção “Forever Young” seja mais uma praga do que um bom desejo.*
Eu não tenho um retrato envelhecendo por mim no porão. Gosto das minhas gordurinhas. São simpáticas. Acho engraçadíssimo ter rugas no pescoço. Afinal, eu vi o homem chegar na lua. Eu vivi os anos 70! James Taylor falou comigo e eu fui para Machu Pichu. Usei combinação embaixo do uniforme do colégio. Presenciei e fui contra a obra do calçadão de Copacabana. Discuti se mulher casada devia ou não trabalhar fora. Fumei e parei de fumar.Tive plano de expansão de telefone. Ri dos primeiros celulares. Fiz mestrado e doutorado. Publiquei livros e artigos. Tive dois filhos e um deles já têm cabelos brancos. Casei, descasei e voltei a casar.
Como eu poderia ter vivido tudo isso sem ter cabelo branco já que não sou índia?
Já li tanta coisa! Já vi tantos filmes! Eu estava no Maracanãzinho quando Vandré cantou Pra não dizer que não falei de flores!
E fui fã de Raul.Tenho a exata idade do Rock e isso quer dizer alguma coisa.
Então, faça o que quiser porque é tudo da lei. Quem quiser pintar, pinte! quem não quiser não pinte. Quem gosta de colorir tudo como uma arara, que o faça! Quem quer raspar, raspe! E chega de padrão! E viva a Liberdade!
******************************************************
Muito bom, Angela! Isso mesmo!
Ps* Joan Baez está simplesmente linda com seu look de cabelos grisalhos!!!

Anúncios
Categorias: Outro Fala Por Mim, Pensando Alto | Tags: , , , | 22 Comentários

Navegação de Posts

22 opiniões sobre “Cabelos Brancos…já!

  1. Olá,tudo bem?
    Infelizmente , não conseguimos vislumbrar uma sociedade de diferentes. Todo mundo tem que ser igual a todo mundo, caso contrário é estigmatizado.
    Eu, por exemplo, resolvi colocar piercing no nariz (para horror da minha mãe). meu marido tem uma tatuagem no braço. Ele, ainda sofre alguns preconceitos(bem menor que há 20 anos atrás, é verdade), mas não é nada pior do que ficar com cabelo branco, a velhice é ojerizada por muitos. Acredito que toda faixa etária tem seu brilho particular. E vc certamente, tem seu brilho próprio. Sabe de uma coisa , essa galera cheia de preconceito é que têm que pintar o cérebro com um belo arco-íris para, assim, poder dar um colorido nas suas vidas tão medíocres.
    Bjo.

  2. Olha, não vejo problema nenhum nos cabelos brancos. Mesmo! Acho-os bonitos! Mais: acho que um rosto de idade emoldurado por cabelos pretíssimos, pseudo naturais, é uma coisa falsa, desonesta, sei lá.
    besos.

  3. nora, você tá linda de qualquer jeito! agora, venhamos e convenhamos, a muiérada sempre se emperequetou, se pintou, se enfeitou, se fantasiou… desde que o mundo é mundo…
    radicalismos, abomino todos, mas não vejo nada de mais em gostar de usar alguns disfarces hehehehe!
    beijos e saudades muitas… :o)

  4. Conversa paralela: Lene, nada contra a muieráda que se emperequeta. Eu mesma gosto de “se emperequetar”…hahaha..tu e norita também né? O problema só começa quando alguém determina que há um PADRAO de emperequetamento e quem nao cumpre nao é “vaidosa” (crime dos crimes no meu universo familiar pq, afinal, homem nao gosta de mulher que nao se cuida (como se cuidar fosse isso…seguir um padrao do que é ser bonita), ou mesmo confundir ter cabelo branco com desleixo, confundir sobrepeso com desleixo. E desde que o mundo é mundo muitas coisas….rsss. Mas ainda bem que tem gente que nao se conforma com tudo que o mundo sempre foi. Pq senao ele nunca mudaria. E eu nao estaria aqui tendo um emprego e morando sozinha sem ser casada…hahaha. Beijao mulher. Tu sabe que eu amo tu.
    E Noritcha, concordo com tudo isso aí. Eu comecei a ficar preocupadinha com esse lance de idade, cair a bochecha e blá. O povo fala que tem que começar a usar Renew com 30 né? E janeiro eu trinto. E aí entrei meio em nóia. Depois pensei “ah, faz favor!!” Nao queria ter 18 de novo nem de graça, sou muito mais esperta hoje e até mais bonita. Nao dá pra lutar contra o inevitável. E tentar dá gastrite…hahaha
    Beijos, amo-te. E parabéns pra Angela.

  5. Nora, beibe. Essa foto é uma mostra do seu cabelo novo? Se é adorei o corte…rss. Uma vibe assim Kate Holmes :p

  6. Muito bom o texto da Angela.
    Tenho uma amiga que assumiu numa boa também suas melenas esbranquiçadas, até gostei nela, mas em mim ainda não consegui me visualizar com eles, ainda bem que tenho pouquíssimos.
    Poxa vida, mas eu gosto da Marta Medeiros, acho-a boa escritora e bastante bem-humorada!
    super beijo carioca

  7. Oh Norinha linda, que saudades!!! Amanha tenho um exame (é, a estudiosa vai ter que repetir um exame por causa de uma chinesa filha da égua!), mas assim que ficar livre quero te ligar pra fofocar um pouco.
    Achei excelente o texto da Angela e assino embaixo! Já falei pro Joan que eu vou ser uma senhora de cabelos brancos sim senhor. Vc já viu a quantidade de mulheres calvas aqui na Espanha? De tanta química nos cabelos!! Além do que, a beleza de gente bonita de verdade, vem de dentro sim senhor e manifesta-se no olhar, no sorriso, na meiguice, na simpatia… e isso nao tem nada a ver com rugas e “canas”. Um beijo enorme pra vc e pro Pepe!

  8. Não podemos ser escravos da vaidade. Estou com o Milton; cabelos pretíssimos após uma idade, não é honesto!
    Que delícia comemorar aniversário na casa nova! Já tem dois motivos para comemorar! (rs*) Beijus

  9. Olá, minha querida!
    Queres dar um saltinho ao meu blog
    http://eusoulouco2.blogs.sapo.pt?
    Obrigado!
    Beijinhos

  10. Nora, que saudade!
    Bom ver você de novo – mesmo de longe. Quanto aos cabelos brancos, todo mundo dá palpite, é signo de idade que as pessoas associam a velhice, decadência física. Mas tudo é parte da vida. Ângela tem razão: também é um sinal de que já se viveu muita coisa, então os cabelo brancos são sinal de muita vida, o que tem um lado poético, maravilhoso. Não é pra qualquer um.
    Beijos e até breve.

  11. nora, vou prosseguir com a conversa paralela pra dani: querida linda, você me entendeu nhé? abomino padrões, chavões e clichês, mas o l´oréal préférence excellence sempre terá um lugar garantido na minha listinha básica! vou pintar meus cabelinhos brancos até ficar careca hehehehe! acho que serei aquela típica velhinha “retinta”, arrumadinha, perfumadinha e escovadinha que vai ao cabelereiro se emperequetar toda semana! :o) moi aussi também te ama!

  12. Entao pronto. “Nóis” concorda!! Quem quer se emperequetar tingindo as madeixas, ótimo. Quem quer se emperequetar nao tingindo, ótimo tb. E quem nao quer se emperequetar, ótimo igual. E viva a liberdade individual :p

  13. Adorei as resposta dela e vou copiar e colar para outros “pedidos-ordens”. Na minha família, digo irmãos e irmãs tod@s tem cabelo branco cedo, exceto eu. Minha sobrinha com 15 anos já tem alguns fios brancos. Já percebi alguns brancos…Há mais de 3 anos que não faço nada, mas já pintei, fiz luzes, usei tonalizante no cabelo…quando aparecerem mais branquinhos, vou decidir o que fazer; Boa semana e que a mudança seja muito boa para vocês. Adorei Madri, juro que queria morar aí, apesar de Heidelberg ser linda!

  14. Nora Borges! Qto tempo!! E que bom te reler. Especialmente neste texto onde me vi, me li, me reencontrei!
    Prazer imenso estar aqui.
    Beijos!
    Ah… vi na Dade que é (foi) aniversário. Meus parabéns!

  15. Bem… na minha modesta opinião, mulheres morenas ficam bem melhores “grisalhas” do que “loiras”!
    As mais claras podem ir mesclando umas luzes, uns reflexos que fica bacana, não parece artificial!
    É simples!
    Beijo!

  16. Sylvia Maria

    Esta procurando uma receita de bolo de noiva pra o aniversário de casamento dela e me deparei com a sua receita bem humorada e apetitosa! Naveguei pelo seu blogue e apreciei muito! é bom ter noticias dai….. cantores flamengos etcetc. Feliz aniversário!

  17. Nora, desejo muita felicidade neste dia especial e mais um ano de alegrias e realizações. Parabéns!

  18. Feliz Aniversário!
    Gosto muito de te ler!

  19. QUERIDÍSSIMOS… OBRIGADA!
    ANA E ANLENE, OBRIGADA PEOS POSTS LINDOS QUE FIZEREM PRA MIM.

  20. Nora o teu aniversário foi segunda né? Eu vi no orkut…ehehehe…parabéns atrasado e tudo de bom!!!

  21. Olá Nora,
    cheguei aqui através da “Pavulagem da Ro” e queria dizer-lhe que gostei muito do seu blogue. Achei esse texto fantástico, é tão raro saber e apreciar envelhecer, num mundo onde a juventude termina aos 30. É preciso muita sabedoria e elevada auto-estima para assumir um comportamento diferenciado.
    Parabéns!
    Setembro tb é o meu mês 😉 !

  22. Antonia

    Nora, eu moro en Galicia ja ha dez anos tenho sua idade quer dizer faço 53 en janeiro, nao tenho blog ainda, espero vir minha experta filha a me fazer um, tenho muitos mas muitos cabels brancos, moro no interior no campo mas bem na montanha galega cerca de um rio de uma ponte romana, com meu marido e meus bichos, bom ler as coisas que voce escreve. um beijo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s