Os Olhos Amarelos dos Crocodilos.

Nada melhor do que viajar com um livro gostosinho e leve para ler, não é?
Pois sim. Los Ojos Amarillos de los Cocodrilos*, de Katherine Pancol é justamente assim. Um livro que não demonstra ter profundas pretenções literárias, mas que leva a gente a participar das emoções de seus personagens como se eles fossem nossos vizinhos do bairro.
Essa novela poderia ser contada no rádio, como antigamente, ou num filme suave de algum diretor francês com sensibilidade para explorar os pequenos detalles da personalidade de seus personagens, seus diálogos internos, os quase imperceptíveis movimentos de medo ou coragem de homens e mulheres dos nossos dias, a grande solidão que assola a sociedade moderna.
Não esperem uma trama complexa, nem grandes arrobos de profundidade.
O livro, pelo menos para mim, foi uma experiencia interesante justamente pela sua singeleza. Eu o li numa das praias de Pernambuco, debaixo de um guarda sol e tomando água de coco…
E os crocodilos, verdadeiros no livro, para mim simbolizavam apenas os “bichos imaginários” que ameaçam as pessoas que não agem para transformar seus sonhos em realidade.
Joséphine, o personagem principal, praticamente ensina a como escrever uma novela. Achei isso muito interessante. Quem sabe, depois de ler este livro, eu crie coragem, finalmente, de organizar-me para escrever o meu. Nem que seja para ser lido pela minha filha aos meus netos numa tarde de sombra e agua fresca em Porto de Galinhas.
Taí…Gostei desta imagen. Gostei muito.

Anúncios
Categorias: Livros | Tags: | 4 Comentários

Navegação de Posts

4 opiniões sobre “Os Olhos Amarelos dos Crocodilos.

  1. Socorro

    Nora,
    Nestes últimos dias, tenho lembrado das suas histórias de infãncia, vendo as enchentes que estão atingindo duramente Pernambuco e Alagoas. Hoje vi um relato de um sobrevivente que só conseguiu salvar os livros e pensei no seu pai. Naquela dureza de mundo, ainda tem gente que, como ele, se preocupa com livros. Quando acontecem coisas assim, fico matutando nas coisas desta vida e lembro como é importante compartilhar. Histórias, experiências, informações… No caso dos nossos irmãos pernambucanos e alagoanos agora, compartilhar também coisas materiais. Pra quem perdeu tudo – em alguns casos, tudo já era muito pouco – até água neste momento pode ser um grande presente. Hoje, dia de jogo do Brasil na Copa, prefiro torcer pra que o brasil solidário vença o brasil ganancioso, que no meio de tanta destruição, triplica o preço de produtos essenciais como a água mineral.

  2. Socorro, também recordei muito de meu pai e de nossa casa, tantas vezes saqueada pelo rio.
    Beijos

  3. Gabriela

    Vim aqui dar os parabéns pela merecida vitória da Espanha e deixar um beijinho.
    Gaby (agora na Itália)

  4. tudo aqui é lindo..
    encantei-me com teu jeito de escrever..
    voltarei mais vezes..
    bjs.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s